Marcha contra o aborto pretende reunir multidões em São Paulo
19/09/2018 15:46 em Novidades
A Marcha é marcada pelo slogan “salvemos as duas vidas”, usado nos protestos da Argentina. (Foto: Reprodução)
A Marcha é marcada pelo slogan “salvemos as duas vidas”, usado nos protestos da Argentina. (Foto: Reprodução)

Depois que milhões de pessoas saíram às ruas contra o aborto em países da América Latina, o Brasil está se unindo ao movimento pró-vida. A Marcha pela vida será realizada no dia 30 de setembro, em São Paulo.

A Marcha Pela Vida ganhou impulso em 2018, diante das propostas políticas de legalização do aborto em vários países latino-americanos. Embora protestos pró-vida sejam realizados com frequência no Brasil, o objetivo é “fazer um ato maior e massivo” apartidário e sem caráter religioso.

“Este objetivo de incluir pessoas do povo que apoiem a causa sem distinções tenta demonstrar que a defesa da vida humana não depende de uma crença específica, ela é intrínseca ao próprio ser humano e vai muito além de uma questão religiosa. Outras cidades do Brasil”, afirma a organização.

Uma das maiores manifestações aconteceu na Argentina, onde milhares de pessoas foram as ruas para protestar contra o aborto. Como resultado, o Senado argentino rejeitou o projeto de lei que pretendia legalizar o procedimento nas primeiras 14 semanas de gravidez.

A manifestação pró-vida é marcada pelo slogan “salvemos as duas vidas”, que tem sido amplamente usado pelos ativistas latino-americanos.

A Marcha acontece após uma audiencia pública realizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no início de agosto, que discutiu a descriminalização do aborto até a 12ª semana de gestação.

A ADPF (Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental) de descriminalização do aborto foi apresentada no dia 8 de março de 2017 pelo PSOL em conjunto com o Instituto Anis.

Segundo a coordenadora da Marcha Pela Vida em São Paulo, a jurista Teresinha Neves, o evento milita contra a ADPF 442 do STF e a favor do PL 4754, que criminaliza o ativismo do judiciário.  

"Este é um evento inter-religioso, suprapartidário, que busca a defesa da vida", declarou Teresinha, que faz parte do Movimento Nacional Cidadania Pela Vida - Brasil Sem Aborto e do Movimento Evangélicos Pela Vida. "Somos um País que, em sua maioria, é a favor da vida. Sabemos que para mostramos a nossa força ainda mais, é preciso que a gente vá para a rua e mostre que o Brasil é a favor da vida".

No Brasil, o aborto é permitido somente nos casos de anencefalia do feto, gravidez resultante de estupro e quando a gestação representa um risco para a vida da mulher. Segundo pesquisa Datafolha publicada em agosto, 59% dos brasileiros são contrários a alterações na atual lei sobre o aborto no Brasil.

Serviço:

Marcha pela Vida Brasil
Data: 30 de setembro
Horário: À partir das 15h
Local: Av. Paulista (próximo à Av. Brigadeiro Luís Antônio)

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Endereço

Igreja Evangélica Caná da Galiléia

Rua: Vitória, 1667 Henrique Jorge -  FORTALEZA - CE Telefone: 85 3290-4753
Email: radiocanadagalileia@gmail.com